Hacker Delgatti é condenado a 20 anos de prisão por invadir celulares de autoridades da Lava Jato e vazar mensagens
22/08/2023

PUBLICIDADE

Hacker Walter Delgatti Neto condenado a 20 anos de prisão por vazamento de conversas da Lava Jato. Juiz afirma que várias autoridades foram hackeadas e Delgatti propôs vender o material à imprensa. O hacker é considerado o líder da organização criminosa. Delgatti alega que equipe de Bolsonaro propôs forjar a invasão de urna eletrônica antes das eleições.

Operação Spoofing foi deflagrada em 2019 para investigar invasão de mensagens privadas de autoridades. Delgatti admitiu ter invadido contas de procuradores e repassado mensagens ao The Intercept Brasil. Depoimento à CPI dos Atos Golpistas revelou denúncias sobre Zambelli e Bolsonaro. Delgatti alega ter auxiliado no relatório oficial da Defesa sobre urnas eletrônicas, mas pediu ajustes que não foram aceitos tecnicamente.

PUBLICIDADE

AD
Artigo